Logo da ATI

Notícias da ATI

Notícia publicada em 04/10/2019 às 20:41

Gov In Play: dois dias propagando a cultura da inovação no setor público

/image/journal/article?img_id=11489393&t=1570478909160
 
Foram dois dias de muito conhecimento e troca de experiências entre gestores públicos e interessados na transformação digital e no que o governo vem fazendo para acompanhar tanta inovação. A segunda edição do Gov In Play, realizado pelo Governo de Pernambuco,  por meio da Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI-PE), e pela Prefeitura do Recife, via Empresa Municipal de Informática (Emprel), nos dias 02 e 03 de outubro, no Teatro Apolo, atraiu mais de 500 pessoas. "O auditório lotado demonstrou a importância do evento. Para nós (Governo de Pernambuco), a transformação digital deve ter foco no cidadão, para a melhoria da vida das pessoas", enfatizou a secretária de Administração, Marília Lins.
 
Segundo a presidente da ATI, Ila Carrazzone, o evento realizado dentro do festival de experiências digitais Rec´n´Play, "fomentou o debate sobre novas tecnologias e práticas adotadas para reduzir os custos e melhorar a eficiência do Governo através da tecnologia". Para o presidente de Suape, Leonardo Cerquinho, "a cultura da inovação na gestão pública busca melhorar a eficiência. É preciso inovar para melhorar a qualidade dos serviços prestados. Mas, trabalhar com inovação é trabalhar com riscos. É tudo muito novo. Mas é importante ousar. Em Suape temos o Suape Conecta: integração indústria e startups pela inovação. O resultado disso vocês verão em breve", diz Leonardo.
 
Os analistas em TIC da ATI, Álvaro Pinheiro (lotado na PGE), e Eronita Leijden também tiveram destaque. Álvaro deu uma verdadeira aula sobre Inteligência Artificial, o boom do momento, apresentando várias iniciativas de pesquisa aplicada com resultados expressivos para a automação de atividades de análise repetitivas na PGE, enquanto Eronita abordou uma solução de BI encomendada pela SAD para a gestão corporativa de processos no SEI (Sistema Eletrônico de Informações), o sistema para tramitação de documentos no governo. 
 
Eronita apresentou, ainda, um projeto em que experimenta a aplicação de Analytics sobre os dados do SEI, dentro do Programa  Sala de Aula Aberta, metodologia desenvolvida no curso de Pós-Graduação em Engenharia de Computação da Universidade de Pernambuco (UPE) desde 2017 e que passou a contar em 2018 com a parceria da ATI, através do Laboratório de Integração Governo Universidade e Empresa (Ligue). O Sala de Aula Aberta reúne a sociedade civil, empresas, governo e estudantes para juntos desenvolverem soluções para problemas reais.
 
Na ocasião também foi discutida a  Lei Geral de Proteção de Dados  (LGPD). Ila foi mediadora do painel sobre o impacto da LGPD nos serviços digitais, com a secretária da Controladoria Geral do Estado, Érika Lacet, o procurador geral da Prefeitura do Recife, Rafael Figueiredo, e o sócio fundador e pesquisador em Dados Abertos, Inovação Cidadã e Ciência Cidadã do Instituto de Pesquisa em Direito e Tecnologia do Recife, Caio Scheidegger. “A LGPD regulamenta toda a parte de dados pessoais. Na administração pública é um desafio, trabalhamos com muitos dados em meios digitais ou físicos e todos  os órgãos precisam se adequar à nova realidade. Os dados hoje são mais valiosos que petróleo. É preciso a preocupação com a privacidade, com a transparência, com a segurança da informação”, explicou Érika.

Foto: Roberto Pereira